Remédio Canabidiol: para que serve?

remedio-canabidiol-para-que-serve-

Remédio Canabidiol: para que serve?

por: Renan herculano & Adriana silva

Já ouviu falar no remédio Canabidiol, mas quer saber um pouco mais sobre ele? Então continue acompanhando.

O Canabidiol é um medicamento à base de maconha. É extraído da planta Cannabis sativa. E por que utilizá-lo para fins medicinais? Confira a resposta.

O uso medicinal da maconha está ajudando muitos brasileiros. (Foto: Divulgação)

Para Que Serve o Remédio Canabidiol?

O Canabidiol é utilizado no tratamento de doenças como:

  • Epilepsia
  • Esquizofrenia
  • Esclerose Múltipla
  • Mal de Parkinson
  • Autismo
  • outras enfermidades que afetam o sistema nervoso do paciente.

A relação do Canabidiol com o cérebro se dá pelo fato de que ele reduz a reação do sistema nervoso central. Por isso, ele pode ser considerado como um antipsicótico e neuroprotetor. Além disso, o remédio tem ação anti-inflamatória.

O remédio é indicado no tratamento de insônia e ansiedade. Porém é o médico quem deve indicar o uso do Canabidiol para qualquer desses fins, além da dose recomendada.

Vale salientar que, da mesma forma que outros medicamentos, ele também tem suas contraindicações. Não deve ser utilizado por mulheres gestantes, que estão amamentando e por pacientes que tenham sensibilidade a algum componente da fórmula.

Efeitos Colaterais

O extrato de Cannabis não causa vício ou dependência, uma dúvida frequente de pessoas leigas no assunto quanto ao seu uso medicinal. Também não provoca eventos alucinógenos.

No entanto, há alguns efeitos colaterais possíveis, a exemplo de:

  • Tontura
  • Sonolência

Não utilize qualquer outro medicamento junto com o Canabidiol sem o conhecimento do seu médico. Essa ingestão de outros remédios durante o tratamento com o Canabidiol pode representar riscos para a sua saúde ou reduzir a sua eficácia.

Canabidiol Liberado no Brasil

O Mevatyl é o primeiro remédio à base de maconha aprovado pela Anvisa. (Foto: Divulgação)

Em janeiro deste ano, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o primeiro registro de medicamento à base de maconha no Brasil, o Mevatyl. O remédio é indicado para pacientes que sofrem de esclerose múltipla.

A restrição na indicação de uso é devido à presença de Tetraidrocanabiol em sua composição, substância que pode agravar as crises de epilepsia. Já para os pacientes com a esclerose, ele se faz útil por atacar a rigidez muscular, um dos sintomas principais da doença.

Para a segurança da população, a Anvisa adotou critérios para a regulamentação do Canabidiol no País. Os medicamentos liberados até então partem da constatação de que a eficácia dos medicamentos se mostrou maior do que outros convencionais já utilizados.

Por isso, pesquisas são feitas para que os remédios possam ser inseridos no mercado brasileiro. O Mevatyl, por exemplo, é um medicamento de tarja preta, que somente deve ser vendido com a prescrição médica.

Vale salientar que a maconha não pode ser considerada como um remédio. A Cannabis sativa oferece prejuízos à saúde, e não o contrário.

Pesquisas sobre o uso medicinal da maconha ainda estão sendo realizadas. (Foto: Divulgação)

A planta precisa passar por um minucioso processo para que seja extraída e adiciona a outros componentes que se transformarão em um medicamento.

Portanto, é necessário um bom conhecimento sobre o assunto para que seja desenvolvido um remédio com eficácia e que seja seguro para o paciente.

O que você acha do uso medicinal da maconha? Aprova a circulação do remédio Canabidiol no Brasil? Compartilhe as informações.

Este conteúdo foi útil a você?
😄🌱🍂 gostou das nossas dicas então compartilhe 👍😃📣 com seus amigos nas redes sociais e dixe seu comentário abaixo e fique por dentro dos novos artigos do nosso site para isso você pode se cadastrar no nosso site para receber novos artigos no seu e-mail. 📨🍎

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *