Exercício: o tratamento para sua vida mais saudável

envelhecimento-saudavel

Exercício: o tratamento para sua vida mais saudável

Se você tiver chegado à menopausa e quer aliviar os sintomas, o exercício pode ajudar

Para as mulheres que chegam à menopausa, as questões sobre terapia de reposição hormonal muitas vezes parecem mais assustadoras que os próprios sintomas da menopausa. Mas, há uma alternativa natural?

Os médicos estão procurando a resposta para esta pergunta. Nesse meio tempo, uma opção simples pode ajudar a aliviar alguns sintomas. Exercício!saude-do-idoso-e-gerontologia-cabecalho

Por que se exercitar?

O exercício físico é um poderoso aliado das mulheres que têm sintomas da menopausa, como irritabilidade e distúrbios do sono. Ele também ajuda a diminuir o risco de diabetes, doença cardíaca, osteoporose e ganho de peso.

Os melhores tipos de exercício

Os três tipos de exercício que podem ajudar as mulheres na pós-menopausa a se manterem saudáveis são:

  • aeróbico
  • musculação
  • alongamento

Para obter os melhores resultados, os especialistas recomendam cerca de duas horas e meia de atividade por semana. Isso poderia ser dividido em 30 minutos de exercício aeróbio moderado na maioria dos dias da semana, juntamente com musculação duas vezes por semana. Não se esqueça de conversar com seu médico antes de começar ou aumentar seu nível de atividade.

O exercício aeróbico promove a perda de gordura abdominal, onde a maioria das mulheres mais facilmente ganha peso durante a menopausa. Ele também pode melhorar o humor e aliviar a tensão. Isso ajuda a reduzir a depressão e a irritabilidade que pode vir com a menopausa. Algumas mulheres também relatam menos ondas de calor e sono mais restaurador com o exercício regular.

Musculação, com o uso de pesos para fortalecer os músculos, retardam ou previnem a perda óssea. Este tipo de exercício preserva os minerais que mantêm os ossos densos e fortes. O efeito que a musculação tem sobre a massa óssea depende da idade, estado hormonal e nutrição, bem como do tipo de exercício.

Mova-se e não perca massa óssea!

Uma coisa é certa sobre exercício e a massa óssea: se você não usa, você perde. Uma acentuada diminuição da atividade física vai levar a uma redução significativa da massa óssea. Por exemplo, o repouso no leito total pode levar a alguma perda de cálcio ósseo em questão de alguns dias e uma queda detectável na densidade óssea depois de apenas algumas semanas.

Musculação aumenta a massa óssea. Ela também aumenta a massa muscular, o que coloca mais peso sobre os ossos. Com o tempo, isso retarda a perda óssea.

Se você tem sido uma ávida praticante durante os anos que antecedem a menopausa, você já terá uma vantagem. Você terá uma vantagem sobre a saúde óssea por causa do treinamento de força. Além disso, a atividade aeróbica durante a idade fértil diminui o risco de câncer de mama, que aumenta com a idade após a menopausa.

Para obter o máximo proveito do exercício, planeje um programa equilibrado de aeróbica e levantamento de peso, treinamento de força e flexibilidade. Tente ainda realizar uma atividade moderada na maioria dos dias da semana.

 gostou das nossas dicas então compartilhe com seus amigos nas redes sociais e dixe seu comentário abaixo e fique por dentro dos novos artigos do nosso site para isso você pode se cadastrar no nosso site para receber novos artigos no seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *